20/01/2019 – A Unidade na Trindade

by

Material Complementar: Aula-Trindade

1° TRIMESTRE

A UNIDADE NA TRINDADE / A REBELIÃO DE LÚCIFER / A FORMAÇÃO E NATUREZA DO HOMEM / A QUEDA DO HOMEM E CONSEQUÊNCIAS DO PECADO / O PLANO DA SALVAÇÃO / REGENERAÇÃO E SANTIFICAÇÃO PARA UNIDADE E COMUNHÃO COM DEUS

INTRODUÇÃO

As Escrituras ensinam que Deus é Um, e que além dele não existe outro Deus. Poderia surgir a pergunta: “Como podia Deus ter comunhão com alguém antes que existissem as criaturas finitas?” A resposta é que a Unidade Divina é uma Unidade composta (Hb. Echad), e que nesta unidade há realmente três Pessoas distintas, cada uma das quais é a Divindade, e que, no entanto, cada uma está sumamente consciente das outras duas. Assim, vemos que havia comunhão antes que fossem criadas quaisquer criaturas finitas. Portanto, Deus nunca esteve só. Não é o caso de haver três Deuses, todos três independentes e de existência própria. Os três cooperam unidos e num mesmo propósito, de maneira que no pleno sentido da palavra, são “um”.

        “Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. ”

Deuteronômio 6:4

Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;

Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.

Efésios 4:4-6

 

O QUE É UNIDADE?

Ação coletiva, tendente a um fim único. (Boyer Orlando –  Dicionário Bíblico). Efésios 4:13

“Estar unido é estar ligado por um propósito eterno que nasceu no coração de Deus. ”

A unidade é uma ação que nasceu no coração de Deus e o desejo Dele é sermos um como Ele (Pai, Filho e o Espírito Santo).

 

A TRINDADE

  • Curiosidade – A palavra trindade não está na bíblia.

 

A TRINDADE É UMA DOUTRINA

A formação definitiva da Trindade aconteceu no Concílio de Constantinopla em 381, com base nos trabalhos de Atanásio. O credo Niceno-Constantinopolitno reafirma o Credo de Niceia e define a divindade do Espírito Santo, estabelecendo de uma vez por todas a doutrina da Santíssima Trindade.

 

A doutrina da Trindade é a verdade mais crucial do pensamento cristão.

A doutrina da Trindade era às vezes mal entendida e mal explicada. Era muito difícil achar termos humanos que pudessem expressar a unidade da Divindade e ao mesmo tempo, a realidade e a distinção das Pessoas.

O fato de não existir a palavra trindade na bíblia não muda nada a respeito Dele, pois, essa doutrina serve para explicar aspectos da natureza de Deus. Assim como também não existe as palavras onipresença, onisciência e onipotência. O que se encontra são textos que dão bases para esses atributos, assim como, a trindade.

O Nosso entendimento humano é muito limitado para entendermos toda a natureza de Deus. Porém, não podemos ser ignorantes sobre esse assunto. Até porque a Bíblia nos dá diversas informações sobre a trindade.

Um dos objetivos da doutrina da trindade é mostrar a unidade de Deus.

 

Dicas para o professor – Citar sobre falsas doutrinas acerca da trindade

 

Curiosidades: Credo de Atanásio formulado no quinto século

Adoramos um Deus em trindade, e trindade em unidade. Não confundimos as Pessoas, nem separamos a essência. Pois a pessoa do Pai é uma, a do Filho outra, e a do Espírito Santo, outra. Mas no Pai, no Filho e no Espírito Santo há uma divindade, glória igual e majestade co-eterna. Tal qual é o Pai, o mesmo são o Filho e o Espírito Santo. O Pai é incriado, o Filho incriado, o Espírito incriado. O Pai é imensurável, o Filho é imensurável, o Espírito Santo é imensurável. O Pai é eterno, o Filho é eterno, o Espírito Santo é eterno. E, não obstante, não há três eternos, mas sim um eterno. Da mesma forma não há três (seres) incriados, nem três imensuráveis, mas um incriado e um imensurável. Da mesma maneira o Pai é onipotente. No entanto, não há três seres onipotentes, mas sim um Onipotente. Assim o Pai é Deus, o Filho é Deus, e o Espírito Santo é Deus. No entanto, não há três Deuses, mas um Deus. Assim o Pai é Senhor, o Filho é Senhor, e o Espírito Santo é Senhor. Todavia não há três Senhores, mas um Senhor.

 

SUPORTE para professor explicar caso alguém pergunte quem foi Atanásio

 

Atanásio de Alexandria, foi o vigésimo arcebispo de Alexandria (como Atanásio I de Alexandria). Seu episcopado durou 45 anos (c. 8 de junho de 296 – 2 de maio de 373), dos quais dezessete ele passou exilado, em cinco ocasiões diferentes e por ordem de quatro diferentes imperadores romanos. Atanásio foi um teólogo cristão, um dos “padres da Igreja”, um defensor do trinitarismo contra o arianismo e um líder da comunidade de Alexandria no século IV.

 

TRÊS PESSOAS DISTINTAS, MAS UM ÚNICO DEUS

Cremos em um só Deus, eternamente subsiste em três pessoas distintas: O PAI, O FILHO E O ESPÍRITO SANTO.

 

O que define uma pessoa?

  • Conhecimento (Inteligência)
  • Vontade (Decisão)
  • Emoção (Sentimentos)

Eles são iguais em:

  • Essência
  • Glória
  • Poder
  • Majestade

 

Existem 3 pessoas eternas que são iguais no SER, na Sua ESSÊNCIA, mas são distintas em sua personalidade.

2 coisas precisamos ter em mente:

  1. a) Quanto ao Seu SER, ou seja, sua essência, Deus é um.
  2. b) Quanto a sua personalidade Deus é três.

 

Ou seja, não podemos dividir a essência de Deus e nem confundir as pessoas da trindade. Pois essa distinção é algo muito claro, pois cada pessoa possui características próprias (João 14:16-17) e muitas vezes exercem atividades distintas. Por Exemplo:

 

  • João 8:18 – Foi o Pai quem enviou o Filho,
  • Filipenses 2:8 – Foi o filho que morreu na Cruz
  • Romanos 8:11 – E o Espírito Santo habita em nós.

 

Não é Deus que aparece as vezes como o Pai, as vezes como o Filhos e as vezes como o Espírito Santo, como sendo um ator trocando de personagem (Isso é conhecido como MODALISMO OU UNICISMO) e isso não é bíblico.

 

Apesar dessa distinção entre as pessoas, existe uma perfeita concordância, nenhuma delas age independente das outras, aonde uma pessoa está o outra também está, porém quando a essência Deus é um.  Elas são iguais no SER, no PODER e na GLÓRIA.

 

  • Cada um deles é chamado de Deus (João 6:27 / Hebreus 1:8 / Atos 5:3-4)
  • Cada um possuindo atributos divinos (Tiago 1:17 / Hebreus 13:8 / Hebreus 9:14)
  • Cada um praticando obras divinas (Atos 3:15 / Joao 5:21 / Romanos 8:11)
  • Cada um recebendo honras divinas (2 Cor. 1:3 / João 5:23 / Mateus 12:31)

 

  • A TRINDADE NO ANTIGO TESTAMENTO

 

  • 1) O Pai. (Is. 63:16; Mal. 2:10.)
  • 2) O Filho de Jeová . (Sal. 45:6, 7; 2:6, 7, 12; Prov. 30:4.) O Messias é descrito com títulos divinos. (Jer. 23:5, 6; Is. 9:6.) Faz-se menção do misterioso Anjo de Jeová que leva o nome de Deus e tem poder tanto para perdoar como para reter os pecados. (Êxo. 23:20,21.)
  • 3) O Espírito Santo. (Gen. 1:2; Is. 11:2, 3; 48:16; 61:1; 63:10.)

 

Prenúncios da Trindade veem-se na tríplice bênção de Num. 6:24-26 e na tríplice doxologia de Is. 6:3.

 

  • A TRINDADE NO NOVO TESTAMENTO

 

  • Várias passagens do Novo Testamento mencionam as três Pessoas Divinas. (Mat. 3:16, 17; 28:19; João 14:16, 17, 26; 15:26; 2 Cor. 13:14; Gál. 4:6; Efés. 2:18; 2 Tes. 3:5; 1Ped. 1:2; Efés. 1:3, 13; Heb. 9:14.)

 

  • A UNIDADE DA TRINDADE

O apóstolo Paulo afirma a unidade de Deus, uma só essência e substância, em diversidade de manifestações de cada pessoa distinta.

 

  • A trindade na distribuição dos dons – 1 Cor.12:5,6

Paulo declara que o Espírito é o mesmo, o Senhor é o mesmo e o Deus pai é o mesmo. É a unidade na diversidade.

  • A Trindade na Bênção Apostólica – II Cor. 13:14
  • A Trindade na diversidade de operações e funções – Ef. 4:4-6
  • A Trindade e sua indivisibilidade – 1 Pedro 1:2

 

  • ANALOGIAS PARA COMPREENDER A UNIDADE DA TRINDADE

Como podem três Pessoas ser um Deus? — é uma pergunta que deixa muita gente perplexa. Não nos admiramos dessa estranheza, pois, ao considerar a natureza interna do eterno Deus, estamos tratando de uma forma de existência muito diferente da nossa.

 

  • NA NATUREZA

1) A água é uma, mas esta também é conhecida sob três formas — água, gelo e vapor.

2) Há uma eletricidade, mas no bonde ela funciona sob a forma de movimento, luz e calor.

3) O sol é um, mas se manifesta como luz, calor e fogo.

4) Três velas num quarto darão uma só luz.

5) O triângulo tem três lados e três ângulos; tirai-lhe um lado e não é mais triângulo. Onde há três ângulos há um triângulo.

 

  • NA PERSONALIDADE HUMANA

Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme à nossa semelhança.” O homem é um, e, no entanto, tripartido, constituído de espírito, alma e corpo.

 

  • NO GOVERNO

Nosso governo é um, mas é constituído de três poderes: legislativo, judiciário e executivo.

 

CONCLUSÃO

A unidade é algo lindo que nasceu na eternidade de Deus e o Seu desejo é que sejamos um, com Ele.

“E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela tua palavra hão de crer em mim; Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um. Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim. ”

João 17:20-23

 

Equipe Pedagógica da Escola Bíblica Dominical

Projeto Vida Nova de Irajá

share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.